terça-feira, 13 de julho de 2010

VivAciDadE


Galinha viva

pra continuar viva

não faz uma coisa:

negócio com a raposa.



Rato que não dá rata,

rato que vê seu ato,

não chega nem perto

de pata de gato.



Sapo que é cobra

e sabe onde põe o pé,

não se aproxima de cobra

e fica longe do jacaré.



Menino sabido

sabe bem esse lema:

mocinho vence o bandido

só mesmo no cinema.




Elias José

2 comentários:

  1. Linda poesia do Elias!Muito legal!beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Adorei a poesia...
    E a foto, então? Uma gracinha!

    bj

    ResponderExcluir